Nova Pagina do espetaculo Dama da Noite no Facebook

Nao sabemos o que rolou. Denuncia? Sabotagem ou erro grotesco do Facebook.

No ultimo domingo tiraram nossa fan page do espetaculo Dama da Noite do Ar.

Mas nos fizemos outras e ja estamos alcançando nossos fãs e ganhando outros.

Pra curtir, e so clicar em : http://www.facebook.com/damadanoiteteatro

Anúncios

TEATRO AO MEIO DIA estréia nesta quinta-feira 05 de maio no Casarão Santa Cruz no Centro Histórico de Santos

Com o objetivo de despertar e incentivar os trabalhadores, transeuntes e moradores da área central histórica de Santos, o interesse de assistir e incluir a cultura, através do espetáculo teatral, como cardápio alternativo no horário de almoço, durante a semana a Superbacana Produções em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e Secretaria de Turismo lança o projeto Teatro ao Meio Dia que terá sessões gratuitas do espetáculo Dama da Noite sempre as quintas e sextas-feiras  a partir do dia 05 de maio.  “Como o espetáculo tem duração de 35 minutos, é uma ótima opção para quem quer relaxar no seu horário de almoço” – afirma o diretor Andre Leahun.

Tendo em vista toda a movimentação que o centro da cidade promove nos dias atuais através dos incentivos de revitalização, dar novo uso às edificações antigas, promovendo à cultura aos trabalhadores daquela região e recriando um pólo de diversões no Centro, num horário alternativo capaz de revigorar a atividade econômica, social e cultural da cidade.

Empresas, escolas e pessoas interessadas em reservar para grupos podem entrar em contato pelo email: superbacanaproducoeseventos@gmail.com.  “A temporada acontece ate 30 de Junho mas a idéia e dar continuidade ao projeto abrindo para temporadas de outros espetáculos”- conta Luiz Fernando Almeida da Superbacana Produções, idealizador do projeto.

 

O Espetáculo

O texto  do escritor brasileiro Caio Fernando Abreu estreou no fim de semana passado e permanece em cartaz também aos sábados as 21h e aos domingos das 18h.

A fala da personagem ecoa e traz consigo a força de milhares de outros corpos, almas, pessoas que se encontram na mesma situação niilista, se sentindo ‘por fora do movimento da vida’, como diz a mesma personagem. É o eco-reflexo  de uma multidão que aprisiona seus sentimento e suas angústias por se encontrarem em um mundo que ainda não aprendeu a respeitá-los. “Dama da Noite”  é um porta voz de tantas outras vozes. É uma boca que, aberta, emana o grito aprisionado  de um sem-número de bocas que encontraram no silêncio sua melhor fantasia, não por escolha, mas por medo, incompreensão ou falta de uma outra – e mais digna – opção. (“Olha bem pra mim – tenho cara de quem escolheu alguma coisa na vida?“)

O local escolhido para a temporada é o “Casarão Santa Cruz”, espaço cultural que funciona em um sobrado na Av. General Câmara 99.  Lá, há atmosfera introspectiva e intimista necessária para o espetáculo, que será aberto a uma platéia de 25 espectadores por sessão.  Além disso, o endereço, bem como outras ruas e avenidas do Centro Histórico, serve de palco para a atuação de personagens reais que transitam nas noites da cidade, as quais se assemelham à nossa ‘dama da noite’.  Estas, inclusive, colaboraram no processo. Ambientado como uma residência, que também pode ser um bar, um nigth club ou o que a imaginação do espectador permitir, as 25 pessoas do público serão conduzidas a uma experiência de troca. Por mais que seja um monólogo, a encenação não é unilateral, sendo o texto colocado de maneira a se tornar um diálogo com a platéia. Assim, se garante que cada apresentação seja única.

Em cena estará o ator e produtor cultural Luiz Fernando Almeida. Luiz Fernando iniciou no teatro em 1990, e dedicou-se à carreira em São Paulo, sempre dividindo seu tempo no paradigma atuar/dividir. É proprietário da Superbacana Produções. Recentemente foi premiado com o Prêmio Plínio Marcos – Melhor Ator Coadjuvante – pelo espetáculo “Quando os Olhos se Fecham” (2009) e no XVIII FESTAC (Festival de Teatro de Cubatão) – Melhor Ator Coadjuvante – pelo espetáculo “O que terá Acontecido a Rosemary?” (2010). Neste projeto, anseia pela montagem de um monólogo, o que é para ele um delicioso e instigante desafio.

A direção é de André Leahun, artista respeitado na cidade, que vem ao longo de sua carreira insistindo na produção local. Recentemente, obteve grande sucesso de público e de crítica com a direção do espetáculo “O que terá acontecido a Rosemary?”, atualmente em cartaz.

Serviço:

O que?

Dama da Noite de Caio Fernando Abreu

Com Luiz Fernando Almeida

Direção: Andre Leahun

Quando?

Quintas e Sextas-feiras  ao meio dia  ENTRADA FRANCA

Sábados as 21h/Domingos as 18h

Quanto? 

$10,00 ( meia entrada) $ 20,00 ( inteira)

Ingressos na Internet: http://www.santaeconomia.com.br/bonus.php?qualbonus=54

Ingressos Antecipados na Realejo Livros (Rua Marechal Deodoro, 2 – Gonzaga)

Onde?

Casarão Santa Cruz

Rua General Câmara 99 – Centro- Santos

Capacidade: 25 pessoas

Informações/Reservas: 13 7808 8696

Ficha Técnica:

Ator: Luiz Fernando Almeida

Direção: Andre Leahun

Figurino: Luis Careca

Cenografia: Daniela Bevervanso

Multimídia: Spetto 

Maquiagem: Fernando Pompeu

Assistente de Maquiagem: Kleber Kleys

Iluminação: Andre Leahun

Customização: Johnny

Trilha Sonora: Andre Leahun e Luiz Fernando Almeida

Operação de Multimídia: Ricardo Menezes

Fotos e Vídeos: Gabriela Mangieri

Cenotécnica: Cenotech

Produção: Priscila Calazans

Produção Executiva: Paula D Albuquerque

Direção de Produção: Luiz Fernando Almeida

Bilheteria: Jose Luiz Aguiar

Panfletagem: Robson Moura e  Letícia Padilha

Realização: Superbacana Produções

Blog: www.damadanoiteteatro.blogspot.com

Twitter: @damadanoite1

Facebook: http://www.facebook.com/pages/Dama-da-Noite/186630641357382

Teaser: http://youtu.be/cbf9Fyoj1Jw

Apoio Institucional: Prefeitura Municipal de Santos, Secretaria de Cultura, Secretaria de Turismo, Secretaria de Saúde, Governo do Estado de São Paulo, Oficina Cultural Pagu, Poiesis.

Apoio Cultural: 269 ( Sex& Bath Club), Farinha Nita, Revista Junior, Mix Brasil, Câmara do Comercio GLS, Casarão Brasil Associação GLS,  Eskenta. Net

Apoio: Kokimbos, A Mineira Pão de Queijo,  Swasthya Yoga, Santos e Região Convention & Visitors Bureau,  Saudade FM, RH em Hospitalidade,Denuncia Jeans, Miúcha Calçados, A Confraria Produções Artísticas, Afroluz,  Oficina do Imaginário, Instituto Cae, Bellini Bolos, Sansex, Curta Santos, Lions Night Club, Realejo Livros, Amigos da Cultura, Santa Economia, Juicy Santos,  Cia Coisas de Teatro.

O que já “falaram” do espetáculo?

Jornal A Tribuna : http://migre.me/4dAVB

A Tribuna Digital : http://migre.me/4kyA8

Clara Monforte: http://migre.me/4dAY1

Boqueirão News: http://migre.me/4kyx3

Blog Superequatorial: http://migre.me/4dAWE

Blog Moda na Baixada: http://migre.me/4dAXd

O Palco Santista: http://migre.me/4dAZ0

 

Algumas imagens do espetáculo: http://www.facebook.com/media/set/fbx/?set=a.10150165113964830.307059.679729829


Espetáculo Dama da noite Estréia dia 30 de Abril no Casarão Santa Cruz em Santos

O texto  do escritor brasileiro Caio Fernando Abreu terá uma nova montagem, que estréia  dia 30 de abril, em Santos.

A fala da personagem ecoa e traz consigo a força de milhares de outros corpos, almas, pessoas que se encontram na mesma situação niilista, se sentindo ‘por fora do movimento da vida’, como diz a mesma personagem. É o eco-reflexo  de uma multidão que aprisiona seus sentimento e suas angústias por se encontrarem em um mundo que ainda não aprendeu a respeitá-los. “Dama da Noite”  é um porta voz de tantas outras vozes. É uma boca que, aberta, emana o grito aprisionado  de um sem-número de bocas que encontraram no silêncio sua melhor fantasia, não por escolha, mas por medo, incompreensão ou falta de uma outra – e mais digna – opção. (“Olha bem pra mim – tenho cara de quem escolheu alguma coisa na vida?“)

O local escolhido para a temporada é o “Casarão Santa Cruz”, espaço cultural que funciona em um sobrado na Av. General Câmara 99.  Lá, há atmosfera introspectiva e intimista necessária para o espetáculo, que será aberto a uma platéia de 25 espectadores por sessão.  Além disso, o endereço, bem como outras ruas e avenidas do Centro Histórico, serve de palco para a atuação de personagens reais que transitam nas noites da cidade, as quais se assemelham à nossa ‘dama da noite’.  Estas, inclusive, colaboraram no processo e terão sessões especiais para assistir ao espetáculo.Na quarta-feira, dia 27 de Abril, acontecerá a pré-estréia 20h na  Sala Plínio Marcos da Oficina Cultural Pagu ( Cadeia Velha- Pça dos Andradas) com entrada franca e capacidade para 40 pessoas. Após, haverá um bate papo a respeito do processo de montagem e a Obra do Autor

Ambientado como uma residência, que também pode ser um bar, um nigth club ou o que a imaginação do espectador permitir, as 25 pessoas do público serão conduzidas a uma experiência de troca. Por mais que seja um monólogo, a encenação não é unilateral, sendo o texto colocado de maneira a se tornar um diálogo com a platéia. Assim, se garante que cada apresentação seja única.

Em cena estará o ator e produtor cultural Luiz Fernando Almeida. Luiz Fernando iniciou no teatro em 1990, e dedicou-se à carreira em São Paulo, sempre dividindo seu tempo no paradigma atuar/dividir. É proprietário da Superbacana Produções. Recentemente foi premiado com o Prêmio Plínio Marcos – Melhor Ator Coadjuvante – pelo espetáculo “Quando os Olhos se Fecham” (2009) e no XVIII FESTAC (Festival de Teatro de Cubatão) – Melhor Ator Coadjuvante – pelo espetáculo “O que terá Acontecido a Rosemary?” (2010). Neste projeto, anseia pela montagem de um monólogo, o que é para ele um delicioso e instigante desafio.

A direção é de André Leahun, artista respeitado na cidade, que vem ao longo de sua carreira insistindo na produção local. Recentemente, obteve grande sucesso de público e de crítica com a direção do espetáculo “O que terá acontecido a Rosemary?”, atualmente em cartaz.

Teatro ao Meio dia

Com o objetivo de despertar e incentivar os trabalhadores, transeuntes e moradores da área central histórica de Santos, o interesse de assistir e incluir a cultura, através do espetáculo teatral, como cardápio alternativo no horário de almoço, durante a semana a Superbacana Produções em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e Secretaria de Turismo lança o projeto Teatro ao Meio Dia que terá sessões gratuitas do espetáculo Dama da Noite sempre as quintas e sextas-feiras ( a partir do dia 05 de maio).

Tendo em vista toda a movimentação que o centro da cidade promove nos dias atuais através dos incentivos de revitalização, dar novo uso às edificações antigas, promovendo à cultura aos trabalhadores daquela região e recriando um pólo de diversões no Centro, num horário alternativo capaz de revigorar a atividade econômica, social e cultural da cidade.

Empresas, escolas e pessoas interessadas em reservar para grupos podem entrar em contato pelo email: superbacanaproducoeseventos@gmail.com.  “A temporada acontece ate 30 de Junho mas a idéia e dar continuidade ao projeto abrindo para temporadas de outros espetáculos”- conta Luiz Fernando Almeida, idealizador do projeto.

Serviço:

O que?

Dama da Noite de Caio Fernando Abreu

Com Luiz Fernando Almeida

Direção: Andre Leahun

Quando?

Estréia  Sábado 30 de Abril as 21h

Quintas e Sextas-feiras  ao meio dia  ENTRADA FRANCA

Sábados as 21h/Domingos as 18h

Quanto? 

$10,00 ( meia entrada) $ 20,00 ( inteira)

Ingressos na Internet: http://www.santaeconomia.com.br/bonus.php?qualbonus=54

Ingressos Antecipados na Realejo Livros (Rua Marechal Deodoro, 2 – Gonzaga)

Onde?

Casarão Santa Cruz

Rua General Câmara 99 – Centro- Santos

Capacidade: 25 pessoas

Informações/Reservas: 13 7808 8696

Ficha Técnica:

Ator: Luiz Fernando Almeida

Direção: Andre Leahun

Figurino: Luis Careca

Cenografia: Daniela Bevervanso

Multimídia: Spetto 

Maquiagem: Fernando Pompeu

Assistente de Maquiagem: Kleber Kleys

Iluminação: Andre Leahun

Customização: Johnny

Trilha Sonora: Andre Leahun e Luiz Fernando Almeida

Fotos e Vídeos: Gabriela Mangieri

Cenotécnica: Cenotech

Produção: Priscila Calazans

Produção Executiva: Paula D Albuquerque

Direção de Produção: Luiz Fernando Almeida

Panfletagem: Robson Moura e  Letícia Padilha

Realização: Superbacana Produções

Blog: www.damadanoiteteatro.blogspot.com

Twitter: @damadanoite1

Facebook: http://www.facebook.com/pages/Dama-da-Noite/186630641357382

Teaser: http://youtu.be/cbf9Fyoj1Jw

Apoio Institucional: Prefeitura Municipal de Santos, Secretaria de Cultura, Secretaria de Turismo, Secretaria de Saúde, Governo do Estado de São Paulo, Oficina Cultural Pagu, Poiesis.

Apoio Cultural: 269 ( Sex& Bath Club), Farinha Nita, Revista Junior, Mix Brasil, Câmara do Comercio GLS, Casarão Brasil Associação GLS,  Eskenta. Net

Apoio: Kokimbos, A Mineira Pão de Queijo,  Swasthya Yoga, Santos e Região Convention & Visitors Bureau,  Saudade FM, RH em Hospitalidade,Denuncia Jeans, Miúcha Calçados, A Confraria Produções Artísticas, Afroluz,  Oficina do Imaginário, Instituto Cae, Bellini Bolos, Sansex, Curta Santos, Lions Night Club, Realejo Livros, Amigos da Cultura, Santa Economia, Juicy Santos,  Cia Coisas de Teatro.

O que já “falaram” do espetáculo?

Jornal A Tribuna : http://migre.me/4dAVB

A Tribuna Digital : http://migre.me/4kyA8

Clara Monforte: http://migre.me/4dAY1

Boqueirão News: http://migre.me/4kyx3

Blog Superequatorial: http://migre.me/4dAWE

Blog Moda na Baixada: http://migre.me/4dAXd

O Palco Santista: http://migre.me/4dAZ0

Inscrições para os cursos da Oficina Pagu começam na próxima semana

Cinema, fotografia, teatro, novela e diversas atividades culturais. Essas são algumas das atrações que a Oficina Cultural Pagu – Praça dos Andras s/nº/Santos – vai realizar no primeiro semestre deste ano. Os interessados poderão se inscrever nessas atividades, que são gratuitas, a partir do dia 5 de abril. O local funciona de segunda a sexta-feira, das 13h às 22h, e sábado, das 9h às 18h. Mais informações pelos telefones 3219-2036 / 3219-1741 ou pelo e-mail pagu@oficinasculturais.org.br.

AUDIOVISUAL WORKSHOP DE CINEMA INDEPENDENTE PROFISSIONAL Coordenação – Vivi Amaral | Período – 07/05 a 21/05 – sábados – 13h às 18h | 30 vagas

WORKSHOP DE TELENOVELA “O PROCESSO DE CRIAÇÃO”

Coordenação – Bruno Fracchia | Período – 11 e 12/05 – quarta e quinta-feira – 18h45 às 21h45 | 20 vagas

CIRCO WORKSHOP DE MINI TRAMP

Coordenação – Marcelo Milan | Período – 07 a 21/05 – sábados – 14h às 17h | 20 vagas

CIRCO / TEATRO OFICINA DE PALHAÇO “ALEGRIA NA CIDADE”

Coordenação – Plínio Augusto Soares | Período – 27/04 a 26/05 – quartas e quintas-feiras – 18h45 às 21h45 | 20 vagas

OFICINA DE MONTAGEM DE ESPETÁCULO DE CIRCO “E O CÉU UNIU DOIS CORAÇÕES”

Coordenação – Daniel Meirelis | Período – 30/04 a 18/06 – sábados – 9h às 13h | 20 vagas Público – atores, acrobatas, estudantes de educação física e interessados com experiência em acrobacias aéreas, acima de 16 anos

FOTOGRAFIA WORKSHOP DE FOTOGRAFIA DE MODA

Coordenação – Melissa Szymanski | Período – 25/04 a 09/05 – segundas-feiras – 18h45 às 21h45 | 15 vagas

GESTÃO CULTURAL OFICINA DE ADMINISTRAÇÃO CULTURAL

Coordenação – Andreia Pacheco Silveira | Período – 30/04 a 25/06 – sábados – 14h às 18h | 20 vagas

MODA OFICINA DE CUSTOMIZAÇÃO E VINTAGE

Coordenação – Patrícia Martins Lara | Período – 04/05 a 08/06 – quartas e sextas-feiras – 18h45 às 21h45 | 20 vagas Público – jovens e adultos com conhecimento básico em costura e moda

MÚSICA WORKSHOP DE SENSIBILIZAÇÃO ARTÍSTICA EM VIOLÃO

Coordenação – Absolon Soares | Período – 07 a 14/05 – sábados – 14h às 18h | 20 vagas Público – músicos, professores e estudantes de violão acima de 13 anos de idade, que possuam o domínio do instrumento

PATRIMÔNIO CULTURAL WORKSHOP DE CATALOGAÇÃO DE ACERVOS MUSEOLÓGICOS

Coordenação – Beatriz Augusta Corrêa da Cruz | Período – 14 a 16/06 – terça a quinta-feira – 13h às 17h | 30 vagas Público – interessados a partir de 18 anos, com experiência de trabalho em museus, bibliotecas e coleções privadas

TEATRO ESPETÁCULO “JOÃOZINHO E A ESTRELA GUIA” E BATE-PAPO SOBRE O PROCESSO DE MONTAGEM

Coordenação – Grupo Porão | Data – 07/05 – sábado | Espetáculo – 16h | Bate papo – 17h às 18h | 40 vagas

ESPETÁCULO “DAMA DA NOITE” E PALESTRA “O PROCESSO DE MONTAGEM E A OBRA DE CAIO FERNANDO ABREU”

Coordenação – Luiz Fernando de Almeida e André Leahun | Período – 20/04 – quarta-feira | Espetáculo – 20h30 | Palestra – 22h às 23h | 40 vagas

INTERVENÇÃO CÊNICA “VULCÃO – O JOGO DA VIDA: UMA HOMENAGEM A TENNESSEE WILLIAMS” E PALESTRA SOBRE O PROCESSO DE MONTAGEM Grupo Tescom | Intervenção Cênica – 17/06 – sexta-feira -19h30 | 60 lugares | Palestra – 18/06 – sábado – 15h às 18h | 20 vagas

WORKSHOP DE TEATRO FÍSICO – CORPO E INTERPRETAÇÃO

Coordenação – Pamela Duncan | Período – 27/04 a 18/05 – quartas-feiras – 18h45 às 21h45 | 30 vagas

WORKSHOP DE TÉCNICA VOCAL Coordenação – Alessandra Cino | Período – 07 a 16/05 – terças e quintas-feiras – 18h45 às 21h45 | 20 vagas

A Comédia “O que terá Acontecido a Rosemary?” inaugura com temporada um novo espaço cultural no Centro de Santos.

Tendo como fio condutor uma paródia dos clássicos filmes ‘O Que Terá Acontecido a Baby Jane?’ e ‘A Malvada’, o espetáculo está calcado na interpretação dos atores, onde há o resgate do humor popular com uma embalagem cênica moderna.

Com inspiração nas antigas chanchadas do cinema brasileiro, nos programas de auditório, no besteirol  e nos espetáculos de circo, mostra o embate entre duas irmãs: Rosy e Betty Blue, suas aventuras e desventuras em busca da fama, sucesso e reconhecimento.

Recheado de clichês, melodrama rasgado e assumido, paródias e citações de diversas obras que compõe o universo do besteirol brasileiro, o espetáculo é a nossa justa homenagem a este gênero tão amado e odiado .

O Espetáculo  estreou em Agosto do ano passado fez uma temporada de 3 meses no Teatro Municipal Brás Cubas com sessões lotadas e já passou pelas cidades de Guarujá e Cubatão.

Sucesso de critica na Região, também se apresentou no Festival de Teatro de Cubatão onde levou os prêmios de Melhor Ator Coadjuvante para  Luiz Fernando Almeida, Melhor Maquiagem para Fernando Pompeu  e  Melhor Trilha Sonora para Nívio Mota, a comédia O que terá Acontecido a Rosemary? tem cumprido também um importante papel de formação de platéia para espetáculos 100% produzidos por artistas da Baixada Santista.
Em Maio, o espetáculo sobe a Serra para uma temporada na capital paulistana.

Já em Abril,  o espetáculo volta em cartaz somente as  Sextas-feiras em Santos inaugurando um novo espaço cultural da Cidade, o Teatro Aberto.

Teatro Aberto quer fazer a arte transbordar em seu contêiner

Será inaugurado o espaço alternativo para temporadas teatrais, que pretende fomentar a arte no Centro da cidade. A bordo de um contêiner-palco

Para quem mora em Santos e adora teatro, não é tarefa simples acompanhar essa arte. Afinal, a cidade carece de espaços para temporadas. Buscando suprir essa lacuna, e servir como um ponto de encontro de artistas em um local privilegiado será inaugurado o Espaço Teatro Aberto, na Praça dos Andradas. O tablado, porém, é diferente: um contêiner-palco, dentro de uma tenda, instalada ao ar livre. O conjunto inclui ainda um café e bar dentro de um sobrado, que pretende servir como um ponto de encontro de artistas e do público.

Como já diz o nome, a intenção do Teatro Aberto é ser um espaço democrático, que funcione como palco para espetáculos de grupos variados, sempre às sextas-feiras à noite, horário em que o Centro está cheio de espectadores em potencial. No futuro, a intenção é mostrar também shows musicais e sessões de cinema: tudo sobre o contêiner. A iniciativa é da produtora BERTHI Produção e Arte, responsável por projetos itinerantes como o Circular Histórias (circularhistorias.com.br) e o Teatro a Bordo (teatroabordo.com.br). Este, apenas no ano passado, levou a magia da sexta arte a 35 cidades a bordo do contêiner.

Com nove metros de comprimento e seis de largura, esse curioso aparato foi criado em 2007 para servir duplamente como palco e baú no transporte dos equipamentos. Depois de estacionado, um dos lados do contêiner se abre e vira um tablado. A arte do projeto e a cenografia foram assinadas por Lia Renha, responsável pela direção de arte de minisséries como “Hoje é dia de Maria”, e pelo cenário de filmes como “Tieta do Agreste”. “Tivemos a idéia de montar um palco dentro de um contêiner para valorizar a ligação com o mar e o porto, além de ser um objeto de trocas entre os povos, símbolo marcante da paisagem da região da Baixada Santista”, comenta Talita. E é exatamente esse contêiner que vai servir como plataforma de apresentação para diversas companhias, sempre que ele não estiver na estrada com o Teatro a Bordo.

No local que condensa história e arte, a Praça dos Andradas, o Espaço se localiza ao lado do Theatro Guarany, próximo à Escola de Artes Cênicas e à Cadeia Velha (que foi cárcere de Pagu). “Essa pode ser a nossa Praça Roosevelt santista, com sedes de grupos de teatro e fomentando o encontro, a troca e a união entre os artistas”, entusiasma-se Talita. E o primeiro espetáculo a utilizar o espaço com uma temporada regular será “O que terá acontecido a Rosemary?” que já vem realizando um trabalho de formação de platéia e levando o público santista de volta ao teatro.

SERVIÇO:

Temporada: de 15/ 4 a 13/5, todas as sextas-feiras às 21h

Espetáculo “O que terá acontecido a Rosemary?”

Antigas chanchadas do cinema brasileiro, programas de auditório, o besteirol e os espetáculos de circo inspiraram essa comédia. A trama mostra o embate entre duas irmãs: Rosy e Betty Blue, que têm aventuras e desventuras em busca da fama, sucesso e reconhecimento.

Recheado de clichês, melodrama rasgado e assumido, faz paródias a filmes como “O Que Terá Acontecido a Baby Jane” e “A Malvada”.

O texto é de Kadu Veríssimo e a direção de André Leahun.

Elenco: Kadu Veríssimo, Junior Brassalotti e Luiz Fernando Almeida.

Realização: Casa 3 de Artes e co-produção de A Confraria Produções Artísticas,  Superbacana Produções e Associação Cultural Olhar Caiçara.

Temporada

Espetáculo: “O que terá acontecido a Rosemary?”

Data: de 15 de Abril a 13 de Maio, todas as sextas-feiras às 21 horas

Couvert Artístico:

R$ 20,00 inteira

R$ 10,00 (estudantes, idosos, classe artística e professores)

Ingressos  Antecipados com 50% de desconto à http://www.santaeconomia.com.br/bonus.php?qualbonus=53

Capacidade do teatro: 100 lugares

Endereço:

Praça dos Andradas, nº102 (ao lado do Theatro Guarany)

Centro de Santos

www.teatroaberto.com.br

Blog do espetáculo:  www.oqueteraacontecidoarosemary.blogspot.com

Teaser: http://www.youtube.com/watch?v=ikFRD_avt_w

Twitter: @acontecidoarose

Informações para o publico:

13 7808 8696 / superbacanaproducoeseventos@gmail.comwww.oqueteraacontecidoarosemary.blogspot.com

Resenha: O que tera Acontecido a Rosemary? Por Ademir Demarchi

Caros, segue abaixo comentário sobre peça em cartaz em Santos, inclusive com partipantes do nosso movimento, que aqui posto com a intenção de reflexão sobre o que é feito por nós.

O que terá acontecido a Rosemary? – a peça

Sem pretensões de discussões estéticas e motivações que não as de divertir, essa peça tem cumprido um importante papel de formação de público e está se mantendo em cartaz na região de Santos com dezenas de apresentações cumprindo seu objetivo de divertir. O sucesso da montagem ressalta também o trabalho da companhia Casa3deArtes que já tem 8 anos e dezenas de produções.

A peça é engraçada, com a ótima performance dos 3 atores que a mantêm no palco e tem conquistado o público com a receita antiga de travestimento de homens em papeis femininos, uso dos clichês e estereótipos da cultura de massa, sobretudo cinema, cujas divas inspiram a produção.

Se a peça não tem pretensões de discussão estética, tem sim demonstradas preocupações com a técnica: a engraçada trilha sonora feita por Nívio Motta, o apurado figurino de Kadu Veríssimo, também autor do texto e ator juntamente com Junior Brassalotti e Luiz Fernando Almeida, a maquiagem superlativa que ressalta o histrionismo bufão dos atores, feita por Fernando Pompeu, técnicas de circo na encenação, projeção de cinema mesclando-se com o teatro na iluminação de André Leahun e Marcelo Wallez e a direção competente de André Leahun.

O texto é uma assumida paródia dos filmes clássicos ‘O Que Terá Acontecido a Baby Jane’ e ‘A Malvada’, em que despontam Bette Davis, Joan Crawford e Anne Baxter, com amplo destaque para as malvadas personificadas por Bette Davis que “baixa” em Junior Brassalotti como uma estátua que mira o céu como um espelho em que se vê.

Brassalotti é doce, a maldade parece não caber em sua prática, além disso como a peça se assume como clichê do clichê, não há mais necessidade de impingir maldade na personificação desse eco de Bette Davis. Por isso Brassalotti, nessa peça, quando mira o infinito em um de seus figurinos de vestidos longos em que tão bem cabe transcende Bette Davis para, por instantes, se tornar uma espécie de estátua grega.

Já Kadu Veríssimo é o escracho total e sua personificação diz tanto ao público que a peça faz questão de explorar momentos solo como se tudo fosse uma jam session em que os risos se amplificam quando isso acontece.

Luiz Fernando Almeida como mãe, secretária e empregada da malvada rouba a cena em vários momentos com suas caras impagáveis, exaltadas pela eficiente maquiagem, uma delas em que parece um peixe balofo a ponto de nem mais enxergarmos seu corpo por estar a cara toda dentro da água do aquário patético que ele sugere encenar.

O argumento teve como base de pesquisa o denominado “teatro besteirol”, que fez 30 anos de existência em 2010 depois de ter sido criado no Rio de Janeiro, justamente inspirado nas produções hollywwodianas e nas antigas chanchadas do cinema brasileiro, assim como nos programas de auditório. Dos dois filmes citados, se fundem em três personagens da peça duas irmãs que se odeiam, Rosy e Betty Blue, mais a mãe, que são suficientes para construir esse texto em que a busca da fama e do sucesso moldam os personagens para dar base para o ridículo humano que se transforma em riso.

Outra das receitas do sucesso da peça é a referência constante a locais, pessoas da cidade e fatos recentes e conhecidos por todos, que são citados e ridicularizados com censo de humor irônico nos delírios das personagens. Isso garante o riso e uma intimidade com o público que aproxima atores e espectadores.

Não pude assistir às apresentações no foyer do Teatro Municipal, onde tenho certeza que a peça teve seu melhor momento, incorporando a improvisação e a proximidade com o público para obter seus melhores resultados de animação e riso. A apresentação no palco do Teatro Municipal, neste fim de semana, por isso, perdeu um pouco desse encanto dado o tamanho do palco e a distância da platéia, tendo momentos que parecia se arrastar, o que sugere que essa peça é indicada para espaços pequenos para obter o melhor aproveitamento conseguido com a proximidade do público.

Ademir Demarchi – Santos, 27/3/2011

 

Teaser da Peça Dama da Noite

O que tera Acontecido a Rosemary? Volta aos Palcos

 

Tendo como fio condutor uma paródia dos clássicos filmes ‘O Que Terá Acontecido a Baby Jane’ e ‘A Malvada’, o espetáculo está calcado na interpretação dos atores, onde há o resgate do humor popular com uma embalagem cênica moderna.

 

Com inspiração nas antigas chanchadas do cinema brasileiro, nos programas de auditório, no besteirol  e nos espetáculos de circo, mostra o embate entre duas irmãs: Rosy e Betty Blue, suas aventuras e desventuras em busca da fama, sucesso e reconhecimento.

 

Recheado de clichês, melodrama rasgado e assumido, paródias e citações de diversas obras que compõe o universo do besteirol brasileiro, o espetáculo é a nossa justa homenagem a este gênero tão amado e odiado .

 

 

Ficha técnica

Texto: Kadu Veríssimo

 

Direção: André Leahun

 

Elenco: Kadu Veríssimo, Junior Brassalotti e Luiz Fernando Almeida


Realização:

Casa 3 de Artes – Co Produção: A Confraria Produções Artísticas e Superbacana Produções

 

 

Serviço:
O Que Terá Acontecido a Rosemary?

Em Santos:
Quando: Sexta-feira, 25 de Março, às 21h
Onde: Teatro Municipal de Santos – Avenida Pinheiro Machado, 48- Vila Mathias – 13 3226-8000
Quanto: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

Em Cubatão:
Quando: Sábado, 26 de Março, às 21h / Domingo, 27 de Março, às 20h
Onde: Teatro do Kaos – Praça Cel. Joaquim Montenegro, 34 – Lago do Sapo – 13 3272-7211
Entrada franca

Espetáculo viabilizado pelo Projeto Superação patrocinado pelo Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania.

Auto de Natal da Lapa será apresentado na Barca da Cultura e no Outeiro Santa Catarina no mês de Dezembro.

 

 

Baseado na primeira parte do clássico texto O Mártir do Calvário de Eduardo Garrido, este Auto de Natal enfoca de maneira moderna as tradições populares brasileiras de Natal, trazendo a tona o universo dos Pastoris, Lapinhas e Presépios.

Com doze músicas, que vão desde clássicos como Adeste Fidelis, passando por canções tradicionais de folias de reis e pastoris, e populares como José, gravada pelo grupo Mutantes o espetáculo utiliza-se ainda da linguagem do circo teatro para uma comunicabilidade direta para com a platéia.

A Direção é de André Leahun. No elenco: Luiz Fernando Almeida, Junior Brassalotti, Sidney Perez, Daniel Meirelis, Caio Marques, Ricardo Menezes, Danielle Coelho, Kátia Balliano, Paula Albuquerque, Priscila Calazans, Márcia Marques e Ludine Medeiros.

O Espetáculo será apresentado dentro do projeto Barca da Cultura, no dia 05 de dezembro nos seguintes locais: Ilha Diana, Monte Cabrão e Caruara. E no dia 10 de dezembro no Outeiro de Santa Catarina.

Entrada Franca